Blu-ray Ultra HD 4K: O novo formato de alta definição?

Com o lançamento de Batman v Super-Homem no próximo dia 20 de julho, um novo formato de alta definição será introduzido em Portugal – o Blu-ray Ultra HD 4k. Mas, afinal, o que é este novo formato e será que valerá a pena a migração do atual Blu-ray para o Ultra HD 4K?

Num mercado onde o streaming começa a ganhar cada vez mais terreno, poderá parecer estranho para alguns que um novo formato fisico seja apresentado. As vendas de Blu-rays/DVDs já não estão nos altos níveis do passado e o streaming vem ganhando cada vez mais popularidade. No entanto, existem diversos factores que deveremos considerar.

Em primeiro lugar, apesar da generalidade da população considerar que o investimento num formato fisico é desnecessário, existe outra para quem este investimento é crucial. Muitos colecionadores, nos quais me incluo, consideram que nada consegue igualar a sensação de possui uma copia física do nosso filme favorito. Para além disso, o streaming ainda possui diversas limitações. Para que um consumidor consiga receber um conteúdo em 4K, ou mesmo em 1080p, através deste serviço, precisa de uma conexão forte e estável à Internet. Ora, isto ainda não acontece atualmente para a maioria da população.

É neste cenário que o Blu-ray Ultra HD 4K surge. Este novo formato pretende dar resposta às necessidades dos colecionadores de juntarem à sua coleção o melhor, mas também tenciona entregar uma solução para aqueles que querem os conteúdos na melhor qualidade e não o conseguem ter através dos serviços de streaming.

Mas, passaremos a explicar melhor o que é isto do Blu-ray Ultra HD 4K, do que precisão para usufruir e se valerá já a pena a migração para o mesmo.


  • O que é o Blu-ray Ultra HD 4K? O Blu-ray Ultra HD 4K é o novo formato de alta definição que pretende, a longo prazo, substituir o Blu-ray como padrão na indústria. Esta nova tecnologia permite resoluções até 3840×2160 pixels, em oposição aos 1920×1080 pixels do Blu-ray. Para além disso, possui a tecnologia High Dynamic Range (HDR), que permite a obtenção de imagens com uma maior cor, nitidez, brilho e contraste. Há ainda suporte para o DTS: X e Dolby Atmos que, por sua vez, permitem a criação de um número infinito de canais de áudio, ajudando a envolver por completo o espectador no filme.
  • O que preciso para usufruir desta nova tecnologia? Tal como todas as novas tecnologias, a passagem para o Blu-ray Ultra HD 4K exige a aquisição de novos equipamentos. Assim, precisão de uma TV UHD (que suporte conteúdos em 4K), um leitor de Blu-ray Ultra HD e um cabo HDMI de segunda geração (HDMI 2.0). Facilmente conseguirão encontrar as TVs UHD e os cabos HDMI 2.0. O grande problema está no leitor. Neste momento, apenas a Samsung possui um equipamento capaz de reproduzir filmes em Blu-ray Ultra HD. Porém, esse leitor ainda não se encontra disponível em Portugal. Para o adquirirem, terão de o importar de outros países, pagando 400 dólares pelo mesmo.
  • Valerá a pena a migração para o novo formato? Sim e não. Se qualidade é o que procuram e estão dispostos a realizar o investimento neste novo formato, deverão fazê-lo. Não há dúvida das melhorias que o novo formato possui em comparação com o Blu-ray. No entanto, se estão satisfeitos com o Blu-ray, diria que deverão esperar pela baixa de preços que esta nova tecnologia passará. O Blu-ray Ultra HD é bastante recente e, como tal, os preços praticados são elevados. No entanto, com o passar do tempo os preços começam a baixar e a tecnologia tornar-se-á cada vez mais acessível ao consumidor comum. Numa última e terceira opção, se não querem realizar já o investimento, mas estão a pensar, num futuro próximo, realizá-lo, poderão começar a comprar já os filmes neste formato. Todas as edições lançadas em Blu-ray Ultra HD 4K trazem sempre o Blu-ray normal consigo. Por isso, enquanto não fizerem o upgrade para o 4K, poderão desfrutar dos vossos filmes favoritos no habitual Blu-ray.

2 Comments Add yours

  1. João Vagos diz:

    Só por curiosidade, há uma edição “nacional” do Táxi Driver que possuo, em bluray, que menciona na contracapa um “extensivo restauro e remasterização digital em 4K”. No entanto ao chegar a casa e comparar com a imagem da edição especial que também tenho, em dvd, preferi sinceramente a do dvd, mesmo não existindo muita diferença. Está certo que o meu ecrã é apenas full-hd, mas mesmo assim penso que a imagem devia ser amplamente superior ao dvd e sinceramente como refiro não achei. Claro que pode ser apenas publicidade enganosa, nas características nem mencionam o ratio da imagem, apenas explicitam que é “alta definição”.

    Era interessante alguém mais que tivesse esta edição confirmar isto que refiro e dizer que constatou o mesmo.

    Tenho realmente imagens fabulosas em várias edições bluray, como por exemplo o “Avatar”, o “Oblivion”, o “Perdido em Marte”, e muitos outros, mas tenho reparado que as imagens realmente fabulosas são de filmes recentes. Esta edição que comprei do “Táxi Driver” em bluray, pelo menos para mim, foi uma enorme decepção. Já agora, a edição a que me refiro é esta:

    http://www.fnac.pt/Taxi-Driver-Blu-ray/a354206

    Gostar

    1. Olá, João.

      Essas edições Blu-ray que mencionam um “extensivo restauro e remasterização digital em 4K” ou “masterizado em 4k” continuam na mesma a ter a definição de 1080p. O filme foi terminado (ou neste caso, restaurado) numa master em 4K, mas depois existiu um downgrade do 4K para o 1080p, uma vez que o Blu-ray não suporta filmes em 4K (apenas o Blu-ray Ultra HD 4K o consegue fazer).

      Em relação à qualidade, das várias análises que estive a ler dessa edição, todas afirmam que a transferência está excelente. Ao nível dos mais recentes lançamentos. Como não possuo a edição, também não te consigo confirmar se esse “problema” que mencionas é comum a todas as cópias nacionais ou não. Pode ter existido um problema de transferência na cópia que possuis e não em todas…

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s