[Atualizado] Vingadores: Guerra do Infinito já em pré-venda!

Um dia antes da chegada de Vingadores: A Guerra do Infinito a todas as salas de cinema nacionais, foi dada a luz verde para que as lojas começassem a aceitar as pré-reservas para as edições Home Video futuras do filme. Uma atitude que poderá parecer um pouco precipitada, mas que apenas vem confirmar o desejo “louco” (e expectável), por parte da Disney, em capitalizar ao máximo todas as receitas provenientes deste lançamento, considerado até histórico, no panorama da Sétima Arte.

Ora, a Fnac foi a primeira loja a ativar a pré-venda para o filme e com uma seleção de edições interessante, que nos geraram bastantes duvidas. Ora, no rescaldo da mais recentes política anti-Blu-ray por parte dos estúdios Disney para Portugal, esperávamos que este capítulo do culminar dos 10 anos de história dos estúdios Marvel, apenas fosse disponibilizado em DVD. Assim, nos foi transmitido, por fontes junto de todo este processo. Esta seria a norma a seguir para todos os lançamentos distribuídos pelos estúdios Disney.

Porém, na sua pré-venda, a Fnac dá-nos também a possibilidade de reservar já a edição Steelbook Blu-ray do filme, assim como a versão simples . Aqui, poderão dizer que isto nada mais é do que a importação que a loja prometeu disponibilizar, perante a tirania da Disney. Mas a empresa, apenas indicou que venderia os Steelbooks e não as edições simples. No entanto, nada os impede de iniciar esse processo, uma vez que, deste modo, estariam a vender edições especiais, para os seus consumidores mais aficionados, assim como edições mais simples para os seus visitantes mais casuais. Esta parece, aliás, uma atitude esperada por parte de qualquer empresa: fazer chegar os seus produtos ao número máximo de pessoas.

Contudo, poderá ainda existir uma segunda justificação para toda esta situação. Terá a Disney, num estranho momento de clareza, revertido a sua decisão? Será isso mesmo possível? Em lado algum a Fnac menciona que as edições Blu-ray se tratam de importações…

Apesar de invulgar, isso constitui também uma possibilidade, principalmente após a demonstração, por parte da Fnac, que esta não precisaria do intermediário do estúdio para vender aquilo que os seus clientes procuram. Poderá, a Disney, ter-se sentido “forçada” a ceder na sua tirania? Parece algo possível. Mas, claro, numa tentativa de tentarem reter (só para si) o máximo de lucros possíveis num dos seus produtos mas rentáveis (nunca por “pena” do coleccionador português). Mas, a verdade, é que não sabemos… 

Com o lançamento de Vingadores: A Guerra do Infinito previsto para 29 de agosto, ainda é demasiado cedo para afirmar algo com toda a certeza, nestas circunstâncias tão inconstantes. Principalmente, quando todos os atores envolvidos neste processo se recusam a justificar, com clareza, toda esta situação. Assim, só nos resta aguardar pelos desenvolvimentos das próximas semanas e ver se este, de facto, constitui o primeiro sinal numa mudança de atitude por parte da Disney, ou se nada mais é do que a continuação da promessa feita pela Fnac a todos os coleccionadores nacionais. 


[ATUALIZADO]

Confirmamos com a distribuidora que as edições anunciadas serão, de facto, nacionais e não uma importação. Aparentemente, está ditado o regresso da Disney ao Blu-ray nacional!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s